A ABCAM (Associação Brasileira de Caminhoneiros) acredita que os impactos provocados no setor após o reajuste no PIS (Programa de Integração Social) e na Confins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) incidentes sobre o diesel devem ser dialogados. A opinião é de José da Fonseca Lopes, da ABCAM, que busca um encontro com representantes do governo federal para debater as dificuldades encontradas pelos caminhoneiros.

aaabcamAbr2019 cadastramento caminhoneiros

Busca no site

Assine a nossa newsletter

*campos obrigatórios

Projetos





logo despoluir