No interior de São Paulo, caminhoneiros vendem nas estradas parte do combustível que deveriam transportar.

Dezenas de caminhões tanque estacionados aguardam para descarregar o combustível em uma distribuidora de São José do Rio Preto. Com uma câmera escondida, o produtor do Bom Dia Brasil encontra um caminhoneiro que, sem saber que estava sendo filmado, revela como é o esquema.

Foi dada a largada do Comandos de Saúde nas Rodovias 2015. Na quarta-feira, 11 de março, ocorreu a primeira etapa da edição anual do projeto, realizado pelo Sest Senat e pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Foram montados postos de atendimento às margens de 18 rodovias federais, com a meta de atender a dois mil caminhoneiros. E a próxima etapa já está agendada: ela ocorrerá no dia 20 de maio. Depois, as novas datas serão 9 de agosto e 21 de outubro. 

Medalha JK é reconhecimento pela atuação dessas pessoas em favor do setor

A dedicação ao setor transportador de empresários e profissionais em diferentes modais foi, mais uma vez, reconhecida pela CNT (Confederação Nacional do Transporte), que promoveu nesta quarta-feira (11) a entrega da Ordem do Mérito do Transporte – Medalha JK. A homenagem, instituída em 1991, foi concedida, pela primeira vez, em 1992 e chegou, em 2015, à 23ª edição. Neste ano, 18 personalidades do setor foram agraciadas em uma das três ordens: Grã Cruz, Grande Oficial e Oficial. 

Relatório NTC

Departamento técnico da entidade definiu índice após reunião com mais de 250 empresários do setor esta manhã, em Salvador

Durante reunião do Conselho Nacional de Estudos em Transporte, Custos, Tarifas e Mercado – CONET –, realizada nesta manhã em Salvador (BA), e pesquisa realizada junto a mais de 250 empresas do setor de transporte rodoviário de cargas, o Departamento de Custos Operacionais, Estudos Técnicos e Econômicos da NTC&Logística (DECOPE) indica uma diferença de 14,11% entre os fretes praticados por essas empresas e os custos efetivos da atividade calculados pela entidade. Essa diferença tem origem, principalmente, na inflação dos insumos que compõem os custos, bem como das defasagens de frete que vêm se acumulando ao longo dos últimos anos. 

Cerca de 60 caminhões chegaram à Esplanada dos Ministérios para um “buzinaço” para celebrar o fim do movimento grevista. Depois de uma reunião nesta quarta-feira, 4, com o ministro Miguel Rossetto (Secretaria-Geral), os trabalhadores aceitaram terminar com o movimento e sentar à mesa de negociações, tornada permanente e que tem o próximo encontro marcado para 10 de março.

As mudanças nos juros e nos limites de financiamento de caminões e ônibus pelo Finame PSI (Programa do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social — BNDES) devem movimentar e trazer oportunidades para outros formatos de tomada de crédito, como os consórcios e CDC (Crédito Direto ao Consumidor).

aaabcamAbr2019 cadastramento caminhoneiros

Busca no site

Assine a nossa newsletter

*campos obrigatórios

Projetos





logo despoluir