7 passos para se prevenir de assaltos na estrada

Assaltos na estrada são uma preocupação frequente do transportador. A ação de quadrilhas especializadas em roubo de cargas resultou, em 2018, no...

Leia mais...
Sono irregular é realidade de 40% dos caminhoneiros

A qualidade do sono do caminhoneiro que viaja por rodovias brasileiras está aquém do que é considerado saudável...

Leia mais...
O Vale-Pedágio é obrigatório?

O custo do pedágio não pode estar embutido no valor do frete contratado, é o que determina a lei nº 10.209, em 23...

Leia mais...
Entenda os riscos de rebaixar seu caminhão

Alterar as características originais dos veículos é comum entre muitos motoristas, principalmente os mais jovens....

Leia mais...

aaabcamAbr2019 cadastramento caminhoneiros

palavra presidente

 

Nota Oficial: Paralisação continua nos próximos dias

Categoria mantém as paralisações até acoro efetivo com o governo

A Associação Brasileira dos Caminhoneiros informa que a Diante da paralisação dos caminhoneiros, o governo anunciou nesta terça (22) um acordo com o Congresso Nacional para eliminar um dos tributos que incidem sobre o diesel quando o Poder Legislativo aprovar o projeto de reoneração da folha de pagamento das empresas - a votação ainda não tem data confirmada.

Na prática, se Câmara e Senado aprovarem a proposta da reoneração, a União terá aumento nas receitas e, em troca, irá zerar a Cide que incide sobre o diesel. Segundo o Ministério da Fazenda, a atual alíquota do tributo representa R$ 0,05 por litro do diesel.

Captura de Tela 2018 06 19 as 10.18.18

Assine a nossa newsletter

*campos obrigatórios

Projetos





logo despoluir



Federações Parceiras

logo fecamSPLOGO MARCA FETAC 01Fecam RS